Minha história

Eu lembro bem do dia que decidi ser psicólogo. Eu estava bastante angustiado com minha dificuldade em escolher um curso que eu gostasse e conseguisse me ver trabalhando no futuro. Já havia tentado alguns cursos antes e não queria trocar de faculdade novamente. Nessa época, estava fazendo terapia e o assunto surgiu depois que contei de um episódio em que ajudei meu pai a resolver um problema através de uma conversa. Lembro que a terapeuta me perguntou se eu não gostaria de trabalhar com isso, ajudando as pessoas através das palavras. Foi uma pergunta certeira da parte dela pois eu estava pensando nisso desde a noite anterior. Foi a partir desse momento que decidi que faria psicologia. Decidi que iria trabalhar para ajudar outras pessoas, algo que sempre senti prazer em fazer.

Espero poder ajudá-lo, caro leitor. 

20190217_125406.jpg